Prefeitura de Florianópolis quer assumir gestão de rodovias estaduais

 SC-405 é uma das rodovias estaduais que cortam Florianópolis.

Nesta segunda-feira (2) foi publicado um decreto do governo no Diário Oficial do Estado (decreto 1.319, de 29 de setembro de 2017), que altera o Plano Rodoviário Estadual (de 2011), passando a permitir que municípios peçam a municipalização de trechos de rodovias em perímetros urbanos.

Em Florianópolis, especificamente aqui no Sul da Ilha, a rodovia estadual com piores condições é a SC-405, e segundo o prefeito Gean Loureiro, se a gestão passar para a prefeitura, as obras emergenciais poderiam ser realizadas com mais agilidade, e quer fazer a gestão desde que o governo repasse a verba para o município.

Há alguns meses, este pedido já foi feito ao governador Raimundo Colombo (PSD).

“Há um abandono das rodovias estaduais em Florianópolis. Queremos fazer um convênio com o governo, pois as rodovias estão com mato tomando conta, guard rail amassados, não têm faixas de pedestres pintadas, não há sinalização vertical e horizontal adequada e muitos buracos”, afirmou Gean, acrescentando que para conseguir este convênio já solicitou uma reunião para tratar desse assunto com Luiz Fernando Vampiro, secretário de infraestrutura.

De acordo com Wanderley Agostini, presidente do Deinfra, convênios para destinação de verbas podem ser feitos, mas essa é uma decisão direta do governador.

Além da SC-405, Gean solicitou a gestão das demais seis rodovias estaduais que cortam Florianópolis.

Redação DuCampeche