Ação em Florianópolis pela volta do Riozinho no Campeche limpo

Riozinho

A Prefeitura e a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) deflagraram nesta sexta-feira (27) uma ação integrada na área do Riozinho, no Campeche, voltada para a temporada de verão. "Para poder devolver o Riozinho que todo mundo quer: com a praia limpa", comentou o superintendente de Habitação e Saneamento da secretaria de Infraestrutura, Lucas Arruda, que acredita que em 30 dias a praia já esteja em melhores condições.

Da parte da Prefeitura, estão envolvidas na ação a secretaria de Infraestrutura, a Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis (FLORAM) e a Vigilância Sanitária. À FLORAM caberá fazer a autuação ambiental e autorizar as limpezas e desobstruções da drenagem dos canais - a serem feitas pela Infraestrutura - com o intuito de reestabelecer o fluxo natural do Riozinho. Acredita-se que, assim, quando o nível da água do rio baixar, tudo o que tiver de lançamento irregular de esgoto em suas margens ficará aparente. "Para a gente saber quem está jogando esgoto no Riozinho", destaca Arruda.

Já a Vigilância Sanitária, vai focar a fiscalização nos grandes consumidores de água como condomínios, supermercados e restaurantes que, em caso de irregularidade, causam maior impacto.

A CASAN, por sua vez, vai verificar se existem construções ligadas inadequadamente à rede de esgoto local que ainda não entrou em operação em razão da paralisação da construção da estação de tratamento elevatória.

Fonte: Portal da Ilha.