O reencontro

Nosso lar foi palco de lindos momentos neste final de semana.

A Seove que há 43 anos atua no amparo de idosas no lar de Zenóbia, busca constantemente interagir as idosas com a sociedade. Atuamos com fortalecimento de vínculos familiares e societários com projetos que visam integrar além disso saúde, cognição, educação, lazer e bem estar. Foi assim que em meio a era tecnológica surgiu o projeto: Inclusão tecnológica das idosas da Seove, onde são estimuladas a usar ferramentas como esta para socializar com o mundo externo.

Dona Augusta veio abrilhantar nosso lar em 2009, ela não possuía nenhum vínculo familiar. Por meio do projeto encontrou sua sobrinha Sônia que reside no Rio de Janeiro, foi um encontro virtual emocionante, mais de 20 anos sem contato algum, nem mesmo sabiam da existência uma da outra. Nem um mês depois Sônia literalmente voou para vê-la e aqui estamos com este reencontro.

Para Sônia foi um presente receber um recital particular da tia depois de todos esses anos e para Dona Augusta foi lindo ter um pedacinho a mais de sua família aqui na Seove.