Judiciário Inaugura Juizado Especial Civil no Campeche

O Poder Judiciário Catarinense, representado pelas autoridades:

O Diretor do Fórum Eduardo Luz, o Doutor, excelentíssimo Juiz de Direito desta Comarca, Doutor Nelson Maia Peixoto; o Presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o Doutor Torres marques ; O Corregedor Geral da Justiça, Desembargador Doutor, Luís César Medeiros; o Coordenador Estadual dos Juizados Especiais, o Desembargador Doutor Jaime Ramos; a Subcoordenadora do Juizados Especiais, a Desembargadora Doutora Janice Ubiali; e representando o Procurador Geral de Justiça Sandro Neis , o Promotor de Justiça Doutor, Maurício de Oliveira Medina.

Representando as esferas do legislativo estadual e Municipal, o Deputado Mário Marcondes e o Vereador Vanderlei Farias.

 Autoridades de alto escalão do Judiciário Catarinense inauguraram, na manhã de hoje, o Tribunal Especial Civil do Campeche.

O Cartório, é uma unidade de cooperação Judiciária que tem competência para julgar  causas de menor complexidade, em processos que os valores não ultrapassem 40 (quarenta) salários mínimos.

Segundo o desembargador Nelson Peixoto, Juiz Diretor do Fórum Eduardo Luz, tem capacidade para atender o Campeche e as demais localidades próximas.

“A questão que eu considero da maior importância é a aproximação da Justiça com o próprio jurisdicionado. Os habitantes da Ilha, compreendendo as regiões do Campeche, Ribeirão da Ilha e Pântano do Sul, tem agora, à disposição, um “Mini Fórum”. Oque evitará, seu deslocamento até o centro de Florianópolis para propor as ações, ou responde-las. É um serviço que a Presidência esforçou-se muito, para  colocar à disposição, e também está se empenhando para que no futuro, também se implante nos Ingleses, Canasvieiras e Ponta das Canas.

 

O órgão Público,- Juizado Especial Civil- está sob a responsabilidade da Juíza Margani de Melo, que também responde pela Justiça Militar.

Segundo apurou a reportagem do Portal de Notícias DuCampeche,  a Meritíssima esteve ausente na inauguração, por conta de um mutirão da Justiça, que se realiza na mesma data de hoje.

O seu funcionamento, a partir de agora, trará  agilidade, ajudando “desafogar” outros tribunais. Assim como explica o Pres. em exercício, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o Juiz Doutor Torres marques:

 

“-Nós temos como uma das medidas prioritárias,  a instalação  dos Juizados Especiais Cíveis. Então estamos cumprindo nosso compromisso em diversificar os juizados por toda a Ilha, e em todo Estado”.

“- Basta dizer que do Centro da Capital, estão vindo para cá, mais de dez mil processos .Todos em processos digitais...”

 O amplo espaço destinado para a conciliação de litigantes, conta com um Gabinete do Juiz, onde se pode realizar audiências, uma sala de mediação e conciliação, e a sala de atendimento ao público, do Cartório.

A funcionária do tribunal Roberta Vieira nos  atualiza dos primeiros números que refletem a transferência de grandes volumes de processos parados e agradece aos superiores o incentivo demonstrado na inauguração.

 

O Juizado de Especial Civil, estará aberto a população, à partir de 3 de outubro de 2015 (próxima segunda) das 12:00hs às 19:00hs.

 

 tj.atendimento@tjsc.jus.br 

(48) 2387 5825

 

Da Redação DuCampeche