Falta de laudos impede que SC venda ostras para outros estados

Maricultura em Florianópolis (Foto: Nilson Teixeira/Epagri)

A falta de um laboratório para analisar a qualidade da água no litoral catarinense afeta os produtores de ostras. Sem esses laudos, Santa Catarina não pode vender o alimento para outros estados. O Ministério da Agricultura exige um atestado de qualidade.

Um laboratório fazia esses laudos, mas o contrato acabou. Na sexta (11), o ministério suspendeu a venda para outros estados pela falta da análise da água.

O gestor do Departamento Estadual de Defesa Sanitária Animal da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Marcos de Oliveira Neves, afirmou que nesta segunda o laboratório foi contratado e que as primeiras análises devem sair ao longo da semana. Com isso, Santa Catarina voltará a vender ostra para os outros estados.

Santa Catarina é o maior produtor de ostras do Brasil, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com 98% da produção brasileira.

Fonte: G1.